fbpx

Metodologia SCRUM: dica para aplicar a inovação na sua rotina jurídica

Muitas são as frases conhecidas sobre a inovação e sua gigantesca importância. Todos já sofreram uma lavagem cerebral sobre o tema: a necessidade é a mãe da inovação, a inovação distingue líderes de seguidores, a inovação engloba ideias absurdas… e por aí vai.

Legal, já sabemos: inovar é importante. Mas e agora, como inovar? Aqui,  você pode conferir um texto específico sobre inovação no mercado jurídico, mas hoje vamos um pouco além. 

Se tratando de inovação no direito, como podemos trazer inovações para perto sem, no entanto, necessitar mover montanhas, investir em softwares e hardwares caríssimos, desenvolver ideias mirabolantes (que podem sequer funcionar)? 

Vale lembrar que pequenas intervenções em nosso cotidiano já podem ser consideradas inovações. Separar alguns minutos do dia para organizar o trabalho das próximas horas, por exemplo, pode ser inovador. Tentar outra abordagem para conversar com funcionários (ou até mesmo clientes), pode ser uma grande inovação.

Neste texto, vamos apontar algumas ações, que vão de pequenos atos à aquisição de grandes serviços, como sugestões para você, que não quer ficar para trás no universo da inovação jurídica. Os pequenos atos são uma ótima pedida para quem está começando, afinal não necessitam de grandes investimentos e também não levam muito tempo. O segredo aqui, é prezar pela (re)educação dos colaboradores jurídicos.

Metodologia Scrum

Aqui no Legal Hub, por exemplo, utilizamos o scrum diário. O método foi desenvolvido por Jeff Sutherland e Ken Schwaber em 1995, inspirados pelo rúgbi e pelo artigo “The new new product development game” (“O novo jogo no desenvolvimento de novos produtos”), publicado em 1986 por Takeushi e Nonaka.

O scrum consiste em reuniões rápidas, realizadas uma vez todos os dias e uma vez durante a semana. Funciona assim: nas reuniões diárias, cada pessoa conta quais foram os seus feitos no dia anterior e elencam quais são, de maneira prioritária, as atividades do dia. Já durante a semana, são ditos os feitos da semana anterior e quais são as principais atividades da semana que está por vir.

Essa metodologia promove diversos ganhos para cada equipe e consequentemente para uma empresa. Martin Fowler, especialista da área de arquitetura de softwares, desenvolveu um acrônimo em inglês para os benefícios da técnica:

GIFTS (Good Start, Improvement, Focus, Team, Status) 

Good Start – pois ajuda a começar bem o dia

Improvement – já que promove melhorias baseadas no que está sendo feito

Focus – com o scrum, é possível manter o foco no que importa

Team – já que a técnica promove o senso de equipe

Status – pois comunicamos o que está acontecendo.                                                                                     

Autonomia para  equipes

Esta é uma das principais qualidades das startups, que, aplicadas a qualquer empresa, pode trazer grandes resultados. Primeiramente, é necessário contar com times pequenos e bem instruídos quanto aos seus papéis dentro da empresa. A ideia é contar com profissionais que entendam quais são as metas do seu negócio e fornecer a eles a confiança para que eles o ajudem a chegar lá.

Uma dica bacana é investir em cursos, workshops e palestras para seus colaboradores para aumentar suas capacidades e habilidades para levar a sua empresa aos próximos patamares. Tal investimento é visto pelos funcionários como incentivo e gera troca de conhecimento válido entre outros profissionais da área.

Aspectos disruptivos

Quando pensamos em uma startup, não é incomum pensar em um lugar divertido, com mesas de sinuca, pebolim e outras diversões para os colaboradores desfrutarem durante o dia. Já a área do direito é popularmente conhecida por ambientes sérios e quadrados. 

A questão é que as startups não trazem essas opções à toa. É comprovado que empresas que tornam o dia a dia de seus funcionários mais leve acabam obtendo resultados melhores – afinal de contas, quem é que não trabalha melhor com a mente relaxada?

A intenção, aqui, não é necessariamente instalar video-games ou piscinas de bolinhas em seu escritório. Mas que tal estudar o funcionamento da sua empresa, com a finalidade de tornar as atividades menos repetitivas e mais compensadoras para seus colaboradores?

Flexibilizar o horário de trabalho, na medida do possível para aqueles que não precisam se comprometer ao horário comercial, permitir home office em algum determinado dia, reduzir o expediente na sexta-feira ou em algum outro dia no final do mês ou antes de algum feriado estendido, ou até mesmo apelar para a mesa de frutas caso nenhuma das opções anteriores não seja uma alternativa viável para a sua empresa podem ser ações pequenas e que, no entanto, geram resultados e principalmente tornam o cotidiano muito menos pesado.

A importância das Soft skills

Prezar pelas habilidades comportamentais de seus colaboradores é uma outra (e ótima) maneira de obter maiores resultados. Oratória, negociação e alta performance são alguns dos aspectos que podem fazer com que seus funcionários ajudem sua empresa a decolar. 

Você pode trazê-las para suas equipes de duas formas: a primeira é prezar por elas durante a escolha de novos colaboradores já nas entrevistas. A outra é promover cursos in company para seus funcionários, de maneira que eles aprendam, dentro de sua empresa, táticas para comunicação, convencimento e maneiras de aumentar o rendimento.

Automação facilita o dia a dia dentro das organizações?

As novas tecnologias estão aí para aprimorar qualquer segmento do mercado de trabalho. No direito não é diferente. Você pode, por exemplo, tornar a rotina de sua empresa muito mais eficiente ao contratar um serviço automatizado para a geração e adequação de documentos, por exemplo, de maneira que seus funcionários deixem de realizar funções mecânicas, focando 100% em atividades intelectuais que façam jus à formação.

Se tratando de inovação no direito, o software jurídico ProJuris, por exemplo, oferece serviços de busca de movimentações em tribunais, processos por OAB, cadastro de documentos, processos e clientes, calculadora de prazos processuais, geração de peças e documentos, distribuição de tarefas e atividades e ainda ajuda a empresa com o fluxo de caixa, com planos a partir de R$ 82 ao mês.

A questão é que a eficiência não necessariamente precisa ser um grande gasto para o seu empreendimento jurídico. A tecnologia e as novas ideias para um mercado de trabalho menos monótono (e que gera mais resultados) estão aqui para nos ajudar!

WhatsApp WhatsApp